domingo, 2 de setembro de 2012

Jogos na escola

6 comentários
Estava quebrando a cabeça...
Como  fazer um jogo que envolva o 5º ano em uma atividade  de leitura ?
Difícil, temos jogos pedagógicos para alfabetização, fiz um bingo com dificuldades ortográficas onde eles construíram a própria  cartela e eu fui ditando as palavras, foi bacana pois praticaram a leitura e escreveram as palavras.

Pensei agora em um jogo de memória de mitos brasileiros, gregos e egípcios, onde em uma cartinha escrevo as características do mito e na outra eles encontram o nome do mito e a ilustração que o grupo fez.


domingo, 19 de agosto de 2012

Texto instrucional - receita de massinha

0 comentários

Receita de massinha de modelar caseira

Para todas as mamães que vão encarar as férias da molecada, este post é para vocês.
É uma brincadeira que todas as crianças pequenas amam.
Lá vai:

4 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de sal
1 e 1/2 xícara de água
1 colher de sopa de óleo
corante alimentício ou gelatina em pó (fica com cor e com cheiro)

Modo de fazer:
Em uma vasilha, misture a farinha, o sal, a água e o óleo. Amasse bem com as mãos até que vire uma massa uniforme. Divida em várias partes e em cada uma coloque o corante ou a gelatina colorida.
Pronto! Está pronta a massinha.
Esta brincadeira ajuda a coordenação motora, a percepção de volumes e proporções, o raciocínio espacial. Lembrem-se disso na hora que forem limpar a sujeira e ponham um sorrisão na cara. :)

Esta receita veio do Liceu Salesiano N. Sra. Auxiliadora de Campinas

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Não é fácil

0 comentários
Gente ser professora não é fácil...
Muitos acham que é só chegar e ficarmos sentados em nossas cadeiras e a mágica acontece...
Todos fazem as atividades e somos felizes para sempre...
Como é difícil adequar as atividades e não conseguir atender quem mais precisa...


domingo, 5 de agosto de 2012

Olimpíadas de Língua Portuguesa

0 comentários
  Para enriquecer a sequencia sugerida, vamos utilizar a música " Aquarela do Brasil" escrita por Ari Barroso


Aquarela do Brasil
Brasil!
Meu Brasil brasileiro
Meu mulato inzoneiro
Vou cantar-te nos meus versos
O Brasil, samba que dá
Bamboleio, que faz gingar
O Brasil, do meu amor
Terra de Nosso Senhor
Brasil! Pra mim! Pra mim, pra mim

Ah! abre a cortina do passado
Tira a mãe preta do cerrado
Bota o rei congo no congado
Brasil! Pra mim!

Deixa cantar de novo o trovador
A merencória luz da lua
Toda canção do meu amor

Quero ver a sá dona caminhando
Pelos salões arrastando
O seu vestido rendado
Brasil! Pra mim, pra mim, pra mim!

Brasil!
Terra boa e gostosa
Da morena sestrosa
De olhar indiscreto
O Brasil, samba que dá
bamboleio que faz gingar
O Brasil, do meu amor
Terra de Nosso Senhor
Brasil! Pra mim, pra mim, pra mim

Oh esse coqueiro que dá coco
Onde eu amarro a minha rede
Nas noites claras de luar
Brasil! Pra mim

Ah! ouve estas fontes murmurantes
Aonde eu mato a minha sede
E onde a lua vem brincar
Ah! esse Brasil lindo e trigueiro
É o meu Brasil brasileiro
Terra de samba e pandeiro
Brasil! Pra mim, pra mim! Brasil!
Brasil! Pra mim, pra mim! Brasil!, Brasil!





Canção do exílio

Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.
Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.
Em  cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer eu encontro lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar –sozinho, à noite–
Mais prazer eu encontro lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que disfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu'inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá. 
 
De Primeiros cantos (1847)
 Gonçalves Dias

sábado, 4 de agosto de 2012

Mensagem para o dia dos pais...

0 comentários
Está mensagem é uma contribuição da minha coordenadora do estado...

Link do texto para imprimir.
http://www.4shared.com/file/HLEogzZ4/PRESENTE_DE_FELICIDADE.html



PRESENTE DE FELICIDADE
     Lá pelas Terras das Gerais, no sul de minas, costumam contar uma história. Ela é mais ou menos assim... ‘Há muitos anos, na década de 50, um certo comerciante estava preocupado com as finanças. Aquele mesmo tinha conseguido vender nem 2 metros de tecido, nem mesmo de algodão mais barato. Contabilizava os gastos quando a filha, de apenas cinco anos, surgiu e pediu um retalho de pano. O pai não lhe deu atenção, preocupado com os números, calculava e calculava. Só parou ao ver a menina rasgando um pedaço de fazenda. Irritou-se:
     - O que significa isso? Minha melhor peça... Para já com isso!
     - Calma papai. Só quero um pedacinho deste pano bonito para embrulhar uma caixinha. – Explicou ela com voz tremula.
     - Calma nada! Você cortou um lamê  dourado, esse... Tecido é caro demais. Vá já para o seu quarto. Esta de castigo, só saia de lá amanhã.
     A menina agarrou o  pedaço de tecido e passou soluçando pelo pai. Foi para o quarto sem entender o porquê da bronca.
     No outro dia, logo de manhã o pai acordou com uma cantoria infantil. A filha lhe entregou um presente enquanto cantava parabéns pra você.
     - Feliz dia dos pais! Toma papai, toma seu presente. Fui eu mesma quem fiz...
     O pai ficou envergonhado em ver o embrulho de lamê dourado sendo colocado no colo dele.  Arrependeu-se do castigo que deu para a filha.
     Conseguiu apenas balbuciar um muito obrigado.
     A filha batendo palmas de contente pediu:
     - Abra, abra o presente!  
                                                     
                         O comerciante desamarrou o laço de fita dourada. O tecido afrouxou e uma caixinha de papelão apareceu. O homem paciente abriu a caixa e ficou pasmo... Explodiu novamente:
     - O que significa isso? Não há nada dentro da caixa. Você não sabe que ao se dar uma caixa costuma-se colocar alguma coisa dentro dela?
     A menina chegou perto do pai e gaguejando  olhou para a caixa e justificou:
     - Sa... sabe... pa... papai; a caixa num ta vazia não. Eu soprei muitos, muitos beijos dentro dela. Todos para você papai. Pode guardar são todos seus. São beijos de amor...
     O pai quase teve um ataque do coração. Teve vontade de enfiar-se debaixo das cobertas e sumir. Puxou a filha para se e pediu perdão. Ficou um longo tempo abraçado com a filha.
     Os anos se passaram, o comerciante recuperou a freguesia. Era raro vê-lo triste. Sempre sorridente tinha palavras de ânimo para todos os clientes e amigos. Mesmo na velhice nada o perturbava. Quando morreu a filha fez questão de dizer: Meu pai era tão feliz não sei qual era a formula para isso, mais tenho certeza que ele viveu feliz.
     Depois do enterro, ao arrumar o quarto do pai encontrou de baixo da cama um embrulho. Reconhece-o, colocou-o em cima da cama. Desamarrou o laço de fita gasto de tanto ser desmanchado e refeito. O lamê, todo puído, caiu em cima da colcha. A caixinha amarelada estava ali, fechada. Com mãos tremulas a mulher abre a caixa. Os olhos mareados de lembranças, o coração palpitou ao recordar os inúmeros beijos que depositou naquela caixa, satisfeita, encostou a caixa ao peito. Ficou assim por alguns segundos lembrando-se do abraço apertado do pai. Depois, ao fechar a caixa, notou um papel colado do lado de fora, no fundo da caixa. As letras garrafais do pai informavam: “ EIS AQUI UMA BOA RAZÃO PARA SER FELIZ”.
     É bom termos uma caixinha assim, debaixo da cama ou no armário, sei lá... Seja aonde for. Mas, o importante é mantê-la cheia de beijos carinhosos. Dessa forma, teremos um trunfo para reverter um dia cansativo, abriremos a caixa e de novo nos apaixonaremos pela vida.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Sequencia de atividades Mito Língua Portuguesa - 5 º ano

0 comentários
História das olimpíadas da  antiguidade e moderna              
  http://esportes.terra.com.br/atenas2004/interna/0,,OI353091-EI4066,00.html

  Definição de mito
           É uma narrativa de caráter simbólico, relacionada a uma dada cultura. O mito procura explicar a realidade, os fenômenos naturais, as origens do Mundo e do homem por meio de deuses, semi-deuses e heróis.
            O termo "mito" é, por vezes, utilizado de forma pejorativa para se referir às crenças comuns (consideradas sem fundamento objetivo ou científico, e vistas apenas como histórias de um universo puramente maravilhoso) de diversas comunidades. No entanto, até acontecimentos históricos se podem transformar em mitos, se adquirem uma determinada carga simbólica para uma dada cultura. Na maioria das vezes, o termo refere-se especificamente aos relatos das civilizações antigas que, organizados, constituem uma mitologia - por exemplo, a mitologia grega e a mitologia romana.
           Há os mitos populares que povoam o imaginário e os mitos esportivos, pessoas  que parecem serem super humanos.


Deuses olímpicos



Os Deuses Olímpicos na mitologia grega, eram os principais deuses do panteão grego, residentes no topo do Monte Olimpo.

Os deuses olímpicos moravam em um imenso palácio, em algumas versões de cristais, construído no topo do monte Olimpo, uma montanha que ultrapassaria o céu. Alimentavam-se de ambrósia e bebiam néctar, alimentos exclusivamente divinos, ao som da lira de Apolo, do canto das Musas e da dança das Cárites.
A composição clássica dos Doze Deuses Olímpicos (o Doze Canónico da arte e da poesia) inclui os seguintes deuses: Zeus, Hera, Posídon, Atena, Ares, Deméter, Apolo, Ártemis, Hefesto, Afrodite, Hermes e Dioniso. Os doze deuses romanos correspondentes eram Júpiter, Juno, Neptuno, Minerva, Marte, Ceres, Apolo, Diana, Vulcano, Vénus, Mercúrio e Baco. Hades (no panteão romano, Plutão) não era geralmente incluído nesta lista. Não tinha assento no panteão porque passava a maior parte do seu tempo nos Infernos.

MITOS OLÍMPICOS
Assim como os Jogos Olímpicos da antiguidade tiveram seus mitos como Hércules, os Jogos dos tempos modernos também os têm. Com menos mitologia e muito mais realidade e treinamento, nossos mitos atuais acabaram por se tornar mais conhecidos que os antigos. São eles:
Boris Shakalin – soviético. Destacou-se na ginástica artística conquistando 4 medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Roma (1960).
Abebe Bikila – etíope. Esse fundista correu as maratonas de Roma e Tóquio (1964), ganhando medalha de ouro nas duas ocasiões e ainda bateu os recordes olímpico e mundial. Vale lembrar que, em Roma, Abebe Bikila correu descalço.
Joe Frazier – americano. Ganhou medalha de ouro no boxe na categoria pesado em 1964. Mais tarde ele viria a ser o grande campeão peso-pesado profissional.
Nadia Comaneci – romena. Foi a rainha dos Jogos Olímpicos de Montreal (1976). Com apenas 14 anos ela obteve uma sucessão de notas 10 em exercícios de trave, paralelas assimétricas e solo, consagrando-se como uma das melhores ginastas de todos os tempos.
Kornelia Ender – alemã oriental. Essa nadadora ganhou, nos Jogos de Montreal, 4 medalhas de ouro, sendo uma das melhores atletas olímpicas de todos os tempos.
Jesse Owens – americano. Venceu nos jogos de Berlim (1936) as provas de 100 e 200 metros rasos, revezamento 4×100 e salto em distância. Seu recorde no salto em distância demorou 24 anos para ser batido.
Al Oerter – americano. Conquistou uma das maiores proezas dos jogos: durante 4 Olimpíadas consecutivas, de 1956 a 1968, ele ganhou medalha de ouro no arremesso de disco.
Alexander Dityatin – soviético. Grande revelação na ginástica masculina nos Jogos de Moscou (1980), onde conquistou 3 medalhas de ouro, 4 de prata e 1 de bronze.
Emil Zatopek – tcheco. Foi a grande atração dos Jogos Olímpicos de Helsinque (1952) vencendo as provas dos 5.000m, 10.000m e a maratona, tornando-se o grande símbolo das corridas de fundo de todos os tempos. Curiosamente sua esposa Dana ganhou medalha de ouro no lançamento de dardo, enquanto ele corria a maratona.
Teófilo Stevenson – cubano. Foi campeão por três Olimpíadas consecutivas, em 1972, 1976 e 1980 na categoria peso-pesado de boxe.
Mark Spitz – americano. É um dos maiores ganhadores individuais de medalhas de ouro. Conquistou 7 medalhas de ouro em provas de natação nos Jogos de Munique (1972) e 2 no México (1968).
Carl Lewis – americano. Nos Jogos de Los Angeles (1984) ganhou 4 medalhas de ouro nas seguintes modalidades: 100m rasos, 200m rasos, revezamento 4×100 e salto em distância, repetindo o feito de seu compatriota Jesse Owens em 1936.
Jim Thorpe – americano, de origem indígena. Herói dos Jogos Olímpicos de Estocolmo em 1912, foi escolhido por jornalistas de todo o mundo como o maior atleta do globo em meio século de competições. Seu recorde no decatlo moderno demorou 20 anos para ser superado.
Ademar Ferreira da Silva – foi a grande estrela do salto triplo, conquistando medalhas de ouro nos Jogos de Helsinque (1952) e Melbourne (1956). Foi o primeiro e, até 2004, o único brasileiro bicampeão olímpico.

Link http://www.4shared.com/file/mi2jnuWQ/MITOS_OLMPICOS.html

Olimpíadas de Londres 2012
Estão sendo realizados na cidade de Londres (Inglaterra), os XXX Jogos Olímpicos. A abertura ocorreu no dia 27 de julho. A cerimônia de encerramento ocorrerá no dia 12 de agosto. O lema dos jogos é "Live is one" ("Viva como se fosse o único").
O estádio Olímpico de Londres foi construído no Parque Olímpico. Sua capacidade é de 80.000 espectadores. Com toda estrutura em aço, o estádio recebeu a cerimônia de abertura em 27 de julho. A cerimônia de encerramento (12 de agosto) assim como todas as provas de atletismo ocorrerão neste estádio.

As cerimônias de abertura e encerramento serão vistas pela televisão por, aproximadamente, 4 bilhões de pessoas no mundo todo.

Mascotes das Olimpíadas de Londres 2012



 Wenlock e Mandeville
Os mascotes das Olimpíadas de Londres se chamam Wenlock e Mandeville. São duas gotas de aço feitas em animação de cartoon.
Tocha Olímpica 
A Tocha Olímpica foi anunciada em 26 de maio de 2010. Ela passou pelas mãos de, aproximadamente, 8.000 pessoas, durante 70 dias antes do evento. A tocha saiu da Grécia em 18 de maio e chegou em Londres no dia 21 de julho de 2012.  Antes da cerimônia de abertura, a tocha olímpica foi conduzida por sete dias dentro da cidade de Londres.
Medalhas Olímpicas
As medalhas foram confeccionadas pela empresa Royal Mint (situada no sul de Gales). Foram produzidas 4.700 medalhas que teve como designer um artista britânico.
Ao todo serão disputadas 29 modalidades de 26 esportes: 
· Atletismo
· 
Badminton
· 
Basquetebol
· 
Boxe
· 
Canoagem
· 
Ciclismo
· 
Esgrima
· 
Futebol
· Ginástica artística, rítmica e Trampolim
· 
Handebol
· Halterofilismo
· 
Hipismo
· Hóquei na grama
· 
Judô 
· Luta (livre e greco-romana)
· 
Natação
· Nado Sincronizado
·
Saltos Ornamentais
· Pólo Aquático
· Pentatlo Moderno
· Remo
· Taekwondo
· Tiro
· Tiro com arco
· Tênis
· 
Tênis de Mesa
· 
Triatlo
· Vela
· 
Voleibol  e  Vôlei de Praia
- A expectativa é de que participem, nas Olimpíadas 2012, cerca de 10.500 atletas de 192 países e 13 territórios.

Link para baixar e imprimir
http://www.4shared.com/file/pnceb5-3/Olimpadas_de_Londres_2012.html


domingo, 3 de junho de 2012

Sequência de atividades notícias 5º ano com conteúdo adaptado para alunos alfabéticos na listagem

0 comentários


            ATIVIDADE 1
  • Conceito sobre notícias
 Estudo de notícias
Caixa de texto:  Notícia é um substantivo feminino e tem significado de informação, conhecimento, notificação. No âmbito da imprensa quer dizer o resumo de um acontecimento ou de um assunto! 

Portanto, um resumo não pode conter muitas linhas! A notícia deve comunicar o fato e não traçar argumentos sobre ele.
 

O noticiário na tv ou a notícia no jornal deve responder algumas questões, como:
 1. Qual é o acontecimento;
2. Onde ele ocorreu: em que cidade, estado, país?;
3. Quando aconteceu: que dia, mês, ano?;
 4. Por que aconteceu: o que está por trás?
5. Quais foram as possíveis consequências?. 

A notícia é composta de duas partes: a manchete e o texto.
 

Manchete:
 resume a notícia em poucas linhas (2 a 3) e tem o objetivo de atrair o leitor para ler o texto. 

Texto:
 os fatos narrados do acontecimento em questão. 

Deste modo, quem escreve notícias deve ser um bom escritor, pois as palavras devem ter combinações tais que atraiam leitores e telespectadores!
 





          ATIVIDADE 2
  • LEITURA COMPARTILHADA 
 Ler junto com os alunos a notícia
 Realizar um entendimento oral ( não iiculrei registrar para os alunos copiarem, pois a intenção é que o aluno com dificuldade sinta - se capaz de participar com uma boa qualidade, valorizando o seu conhecimento.) 

         Roteiro de perguntas

1. Qual é o acontecimento?
2. Onde ele ocorreu: em que cidade, estado, país?
3. Quando aconteceu: que dia, mês, ano?
 4. Por que aconteceu: o que está por trás?
5. Quais foram as possíveis consequências?
6. Qual a manchete ?


FESTA JUNINA DE CARUARU (PE) - 2012

O SÃO JOÃO DE CARUARU ESTE ANO ACONTECERÁ ENTRE OS DIAS 02 DE JUNHO AO DIA 30. SERÃO CINCO GRANDES POLOS DE ANIMAÇÃO ESPALHADOS POR TODA A CIDADE, COM APRESENTAÇÕES DE MAIS DE 300 ARTISTAS DURANTE UM MÊS INTEIRO DE EVENTO.

ARTISTAS COMO ELBA RAMALHO, CHICLETE COM BANANA, DOMINGUINHOS, MICHEL TELÓ, AVIÕES DO FORRÓ, SANTANNA E BANDA CALYPSO JÁ ESTÃO CONFIRMADOS. O EVENTO HOMENAGEARÁ OS 100 ANOS DO NASCIMENTO DE LUIZ GONZAGA E TAMBÉM AO CANTOR E COMPOSITOR AZULÃO, UM ÍCONE DA NAÇÃO FORROZEIRA, QUE COMPLETA 70 ANOS DE VIDA E 50 DE CARREIRA.

NA EDIÇÃO DE 2011, A FESTA MOVIMENTOU R$ 181 MILHÕES NA ECONOMIA LOCAL, ATRAINDO 1,2 MILHÃO DE VISITANTES, COM GRAU DE SATISFAÇÃO SUPERIOR A 90%. OS DADOS FORAM APONTADOS EM PESQUISA REALIZADA PELA PREFEITURA QUE OUVIU MAIS DE MIL PESSOAS.

ESTRUTURA E ATRAÇÕES

SÃO DEZENAS DE ATRAÇÕES ESPALHADAS POR TODOS OS CANTOS DE CARUARU. FESTIVAL DE COMIDAS GIGANTES, MAIOR FOGUEIRA DO MUNDO, MUSEUS, BACAMARTEIROS, FOGUETEIROS E UMA SÉRIE DE MANIFESTAÇÕES PARA VOCÊ APROVEITAR UMA DAS MAIORES FESTAS DO MUNDO.

POLOS- DESCENTRALIZADO E MULTICULTURAL, O SÃO JOÃO DE CARUARU TEM COMO CARRO CHEFE O FORRÓ, MAS EM 2012 IRÁ RECEBER TODAS AS MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS. UMA DAS NOVIDADES É O POLO ALTERNATIVO, ONDE VÃO SE APRESENTAR ARTISTAS DA NOVA CENA MUSICAL CARUARUENSE E PERNAMBUCANA. MAS AS INOVAÇÕES NÃO ACABAM POR AÍ, NO POLO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA SERÁ PREPARADO UM ESPAÇO PARA VENDER EXCLUSIVAMENTE AS COMIDAS TÍPICAS DO PERÍODO JUNINO, COMO PAMONHA, CANJICA E O MILHO ASSADO.

                ATIVIDADE    3

Listar nome de artista
Listar  comidas típicas

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Sequência de Atividades região norte

2 comentários

  • Leitura de texto como elemento disparador.
  • Reforçar elementos  pertinentes a cultura local.

A lenda do Boi Bumba

A lenda do Boi Bumbá
A lenda do Bumbá meu Boi
Boi Bumbá
Bumbá meu Boi
Boi Bumbá , dança folclórica popular brasileira com personagens humanos e animais fantásticos como o boi-bumbá que gira em torno da morte e ressurreição de um boi, existe oficialmente desde 1966. Sempre ocorre de 28 a 30 junho, quaisquer que sejam os dias da semana, e devido a presença de muitas celebridades nacionais e internacionais vem tendo o maior destaque..

Diz a lenda, que um rico fazendeiro possuia um boi muito bonito que sabia dançar,
Um certo dia um dos trabalhadores da fazenda resolveu roubar o boi para satisfazer os desejos de sua esposa Catarina que estava grávida e tinha desejo de comer lingua de boi.
Quando o fazendeiro sentiu falta do animal, ordenou que seus empregados fossem  procurar o boi,  que quando o encontram, ele está doente.
Os pajés então curam a doença do boi e descobrem a real intenção de Pai Chico
Mais o fazendeiro ao ver que o boi estava bem, resolve então perdoar pai Chico.
O fazendeiro resolve fazer uma grande festa que envolve a todos.

VIDEO SOBRE A REGIÃO NORTE

https://www.youtube.com/watch?v=hj13ysbS_Fk

                  Pinte os estados da Região Norte
  • Acre
  • Amazonas
  • Amapá
  • Roraima
  • Rondônia
  • Pará
  • Tocantins
  • Pesquisa sobre a região norte.
 DICA : Solicite que o aluno escolha apenas um tema.
Localização
Vegetação
Hidrografia
Densidade demografica
Alimentação
Clima
Desenvolvimento economico - principais atividades

Trazer imagens
Solicitar que não colem no caderno para confeccionar um painel consultivo.

  • SOCIALIZAÇÃO DA PESQUISA.
    Em roda conversar sobre os temas que foram pesquisados.
    Colar os dados pesquisados em painel.
    Elencar os dados em texto coletivo.




 

Quadrilha maluca 2012

3 comentários
Oi gente....
Quem precisar eu edito musicas...Tem musicas que estão fazendo sucesso

O link da quadrilha maluca está ai
Tenho uma versão mais curta

SUGESTÃO PARA MARCAR A QUADRILHA

PASSEIO
PREPARAR PARA OS CUMPRIMENTOS   ESPERAR  EU QUERO TCHU
DAMAS CUMPRIMENTAM CAVALHEIROS
CAVALHEIROS CUMPRIMENTAM DAMAS
CUMPRIMENTAR OS CONVIDADOS
PASSEIO
CAMINHO DA ROÇA ( olha a chuva, já passou, olha a cobra, já matou, a ponte quebrou já consertou)   ( ESPERAR A MUSICA) EU ME REMEXO MUITO
GRANDE RODA
CARACOL
GRANDE RODA ( MACARENA)
PASSEIO
PREPARAR GALOPE
GALOPE ( KUDURO)
PASSEIO
CAMINHO DA ROÇA
GRANDE RODA
BALANÇANDO AS MÃOS
RODOPIO ( OLHA A ONDA)
PASSEIO
PREPARAR O TUNEL
PASSEIO
CAMINHO DA ROÇA
GRANDE RODA
BAILE NA ROÇA  ( BALADA BOA - GUSTAVO LIMA)
GRANDE RODA
SERROTE ( TCHUBIRABIROW)
PASSEIO ( TCHU E TCHA)
DESPEDIDA

http://www.4shared.com/mp3/H3ObW92f/quadrilha_maluca_3.html 

.http://www.4shared.com/mp3/CDLCaiEQ/quadrilha_maluca_2.html
Esta quadrilha maluca foi eu quem montei...


Atividades com alfabeto

1 comentários


























Festa junina " Alfredo Volpi" para 2º e 5º ano

10 comentários
Como Vocês já sabem sou professora de um 2º ano e de um 5º ano.
Elaborei uma sequencia para junho com imagens de Volpi.

http://www.arteducacao.pro.br/artistas_internacionais/volpi/volpi.htm


  • Leitura de imagens
  •  Biografia do artista
  • Biografia
    Alfredo volpi
    Volpi nasceu em Lucca, na Itália, em 1896.
    Filho de imigrantes, chegou ao Brasil com pouco mais de um ano de idade. Foi decorador de paredes. Aos 16 anos pintava frisos, florões e painéis. Sempre valorizou o trabalho artesanal, construindo suas próprias telas, pincéis. As tintas eram feitas com pigmentos naturais, usando a técnica de têmpera.
    Foi um autodidata. Sua evolução foi natural, tendo chegado à abstração por caminhos próprios, trabalhando e dedicando-se a essa descoberta. Nunca acreditou em inspiração.
    Alfredo Volpi não participou dos movimentos modernistas da década de 20, apoiados pela elite brasileira. Manteve-se à parte desses grupos. Não teve acesso aos mestres europeus, como era comum na época.
    Formou, na década de 30, o Grupo Santa Helena que com outros pintores,- Rebolo, Graciano, Zanini, Bonadei, Pennacchi,- constituíram um trabalho voltado para a pesquisa, desenvolvimento de técnicas apuradas e observação.
    Volpi teve uma identidade quase que forçada com a cidade de Itanhaém: a doença de sua mulher, Judite, que a obrigou permanecer três anos convalescendo no antigo Hotel Balneário. Volpi descia a serra nos finais de semana, pintava, voltava a São Paulo, vendia as telas, ajuntava o dinheiro e repetia o ritual.

    Volpi registrou momentos no panorama itanhaense. As obras de Itanhaém foram pintadas em começo e meados da década de 40. Nesta época inicia-se o processo evolutivo específico de Volpi, caracterizado, desde então, por um despojamento progressivo das formas, o abandono total de uma pintura que contém assunto em benefício de uma pintura absoluta.

    Na década de 40, através das paisagens de Itanhaém, seu novo caminho pictórico começou a se mostrar. Abandonou a perspectiva tradicional, simplificou e geometrizou as formas. Mais tarde, chegou à abstração. Após seu encontro com o pintor italiano Ernesto De Fiori, seus gestos ficaram mais livres, dinâmicos e expressivos. A cor, mais vibrante.
    Nos anos 50, as bandeirinhas das festas juninas, de Mogi das Cruzes, integraram-se às suas fachadas. Posteriormente, destacou-as do seu contexto original. A partir da década de 60, suas pinturas são jogos formais: todos os temas são deixados de lado e as bandeirinhas passaram a ser signos, formas geométricas compondo ritmos coloridos e iluminados
    Volpi morreu aos 92 anos, em 1988, em São Paulo.
  •  Releitura de imagem
  • Texto informativo sobre festas juninas
  • Registro de lembranças de Festa Junina ( 5º ano)
  • Entrevista sobre festa Junina ( com colega da classe e posteriormente com alguém da família ou comunidade)
  • Estudo de poema sobre festa junina e festas populares
  • Festas na região nordeste ( 5º ano ) ( localização no mapa, principais caracteristicas)
  • Listagens festa junina
  • Músicas de festa junina ( diferentes regiãoes) 

                                Catira
Segue o link  catira Irmãs Galvão
http://www.4shared.com/mp3/hwmC-dDP/danca_do_catira380.html
                                Forró e quadrilha nordestina
                                Quadrilha
                                Dança do pezinho



                               

Letra cursiva - 2º ano

1 comentários







domingo, 29 de abril de 2012

Diário / Relato pessoal

0 comentários
            Relato pessoal não é muito fácil de se escrever, a maioria de nós não tem o hábito deste registro.
atualmente estes registros não feitos nas redes sociais, onde colocam -se fotos, artigos que gostamos e entre outras coisas.

            Uma atividade que vou realizar com meus alunos do 2º ano e 5º ano são relatos diários, em um lado do "DIÁRIO" serão minhas impressões e no outro cada dia um escreve, cola, desenha enfim registra o que teve importância tanto na escola ou fora dela.
         
            Os alunos que não são alfabéticos poderão registrar por desenho e eu serei escriba.

           Vou ler trechos do livro " Querido Diário otário."

              Vou trabalhar com a leitura e entendimento de texto.
               Para o 2 º ano temos que lermos bastante relatos pessoais para que eles entendam a estrutura do texto, em outro momento faça o registro.

   Este link tem o livro Querido Diário Otário
https://docs.google.com/file/d/0B3MQ4qMS75juMTgxOWYzM2QtMTEyMC00ZTI1LWJjYTMtZWQxZDgwNWVkNTcz/edit?hl=pt_BR


sexta-feira, 13 de abril de 2012

criação de blog como ferramenta no ciclo I

0 comentários

                           Criei um blog com a turma do 5º ano.


  • Expliquei a intenção  do blog.
  • Criamos um email.
  • Escolhemos um nome de usuario.
  • Criamos um nome para a página.
  • Postamos  um texto coletivo.
 Todos estes passos foram acompanhados no telão

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Dia Nacional do livro infantil - Sequencia de atividades cartas e contos

0 comentários

Taubaté, 12 de abril de 2012
           Querido Pedrinho,
            Como vai ?Aqui no Sítio do Pica – Pau Amarelo está tudo ótimo, o pomar está bem bonito cheio de frutas no pé.
            Estou com saudades de você, assim como Narizinho, Tia Anastácia, Visconde e a espevitada da Emília. Não  vejo a hora das férias chegar  para revê – lo.
            Como sei o quanto gosta  de ler, gostaria lembrar que no dia 18  deste mês será o dia do livro infantil, e para comemorar,  junto com esta cartinha vai um livro de histórias.
            Mande um abraço  e muitos beijos a todos

Agora é com você...

1 Pinte na carta  de azul o remetente da carta. ( quem enviou)
2 Pinte  de vermelho o destinatário. ( quem recebeu)
3 Pinte de verde a data que foi escrita a carta
4 Pinte de amarelo a despedida e a saudação.
5 Qual  o assunto da carta.
6 Algumas personagens foram carta, liste –as.
7 Quem criou as personagens.

8 Que data está sendo citada na carta?

Vovó Benta




DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL

Livro, meu amigo!


Dia 18 de Abril é o Dia Nacional do Livro Infantil pois é a data de nascimento de um dos principais escritores de literatura infantil do Brasil, Monteiro Lobato! Ele criou aventuras com figuras bem brasileiras, recuperou os costumes e lendas do folclore nacional. E não parou por aí, misturou todos eles com elementos da literatura universal, da mitologia grega, dos quadrinhos e do cinema.
Ler um livro de Monteiro Lobato ou qualquer outro é entrar em um mundo novo e explorá-lo! Pois é, o livro é mágico por isso, nos permite viajar para lugares inacreditáveis e não queremos mais parar.




Se você ainda não mergulhou nas aventuras mágicas dos livros, indicamos alguns escritores brasileiros para você começar: Ziraldo, Monteiro Lobato e Ruth Rocha.





http://www.smartkids.com.br/datas-comemorativas/18-abril-dia-nacional-do-livro-infantil.html